PIB mineiro teve retração de 4,9% em 2015

30 de março de 2016 - 2 minutes read

dace347b-4220-438d-8f52-69c9cfb1d92bA Fundação João Pinheiro (FJP) divulgou, na última semana, o Produto Interno Bruto (PIB) de Minas Gerais. De acordo com a instituição, a atividade econômica recuou 4,9% no Estado em 2015, em relação a 2014, índice superior à retração observada em nível nacional (-3,8%). Trata-se do pior desempenho da série histórica, iniciada em 2013.
Conforme o economista da Fecomércio MG, Guilherme Almeida, Minas Gerais segue a tendência nacional. “Em 2015, tivemos alguns fatores que impactaram principalmente a indústria mineira, e que foram responsáveis pelo desempenho abaixo do nacional, como a maior queda na geração de energia”, avalia.
Segundo a FJP, a indústria de Minas retraiu 9,1% em 2015, influenciada pela queda na indústria de transformação (-12,7%) e na indústria responsável por geração de energia e saneamento (-12,2%). O setor de serviços apresentou queda de 2,9%, com destaques negativos no comércio (-7,9%) e nos transportes (-5,9%). Almeida destaca que, em 2015, o cenário econômico influenciou o comportamento do consumidor. “A queda no poder de compra das famílias e a deterioração de indicadores ligados ao mercado de trabalho levaram a uma consequente queda no consumo, resultando na retração do comércio. Os transportes, por sua vez, estão ligados ao nível de atividade industrial, que também não foi positiva”, pontua o economista.
A agropecuária fechou 2015 com retração de 2,3%. De acordo com a FJP, a redução na produção de café garantiu a Minas um pior desempenho, dada a maior representatividade da cultura no Estado.